Quando Deus faz silêncio


Quando Deus faz silêncio

Bispo Eduardo Thompson



Existem momentos na vida em que nos sentimos “entre a cruz e a espada”, como se diz na linguagem popular. O Senhor Jesus também passou por isso. Ele estava sempre em comunhão com Deus, e orava constantemente, mas houve um único momento em que Ele orou três vezes e obteve do Pai o silêncio como resposta. Aprenda uma coisa: Quando Deus faz silêncio é porque você está passando por uma prova ou porque Ele está esperando algo de você. Vamos ao texto bíblico:

“Em seguida, foi Jesus com eles a um lugar chamado Getsêmani e disse a seus discípulos: Assentai-vos aqui, enquanto eu vou ali orar; e, levando consigo a Pedro e aos dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se. Então, lhes disse: A minha alma está profundamente triste até à morte; ficai aqui e vigiai comigo. Adiantando-se um pouco, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se possível, passe de mim este cálice! Todavia, não seja como eu quero, e sim como tu queres. E, voltando para os discípulos, achou-os dormindo; e disse a Pedro: Então, nem uma hora pudestes vós vigiar comigo? Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca. Tornando a retirar-se, orou de novo, dizendo: Meu Pai, se não é possível passar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade. E, voltando, achou-os outra vez dormindo; porque os seus olhos estavam pesados. Deixando-os novamente, foi orar pela terceira vez, repetindo as mesmas palavras. Então, voltou para os discípulos e lhes disse: Ainda dormis e repousais! Eis que é chegada a hora, e o Filho do Homem está sendo entregue nas mãos de pecadores (...) Falava ele ainda, e eis que chegou Judas, um dos doze, e, com ele, grande turba com espadas e porretes, vinda da parte dos principais sacerdotes e dos anciãos do povo (...) aproximando-se eles, deitaram as mãos em Jesus e o prenderam.” Mateus 26.36-50

Em toda a caminhada de Jesus neste mundo, quando esteve entre nós em forma humana, Ele sempre cuidou do Seu relacionamento com o Pai. Todavia, existem pessoas que vêm à igreja em busca de um milagre mas não querem ter um relacionamento com Deus. Para buscar milagre essas pessoas não estão ocupadas, mas para buscar a Deus elas sempre têm outras prioridades.

Como lemos, o Senhor Jesus estava profundamente triste até à morte (versículo 28). Você está se sentindo assim? Saiba que faz parte de um processo para a reviravolta que Deus vai fazer na sua vida! O Senhor Jesus sabia dos planos do Pai, mas como humano, em carne e osso, não gostaria de passar por toda a dor que o aguardava. Por isso disse “se possível, passe de mim este cálice!” (versículo 39).

Observe que Jesus, ao procurar os Seus discípulos, encontrou-os dormindo. Quantos preferem dormir até mais tarde nos domingos, em vez de ir à igreja buscar ao Senhor? 

Eu chamo novamente a sua atenção para o fato de que por três vezes o Senhor Jesus orou e por três vezes o Pai permaneceu em silêncio. Mas o que aconteceu depois que Ele passou por todo o sofrimento da prisão, dos açoites que rasgaram a Sua carne, da coroa de espinhos que furou a sua cabeça, da dor de ter Suas mãos e Seus pés cravados na cruz? Ele ressuscitou, e vencendo a morte nos trouxe o perdão dos nossos pecados e a salvação! Aleluia!

Eu lhe digo agora: Depois de todas as provas que você está vivendo você vai ver a glória de Deus na sua vida como nunca viu antes! Entenda, contudo, que nada vai acontecer se você se distanciar d’Ele! Permaneça firme, pois você vai se alegrar e vai ver que mesmo nos desertos Ele esteve ao seu lado! Mantenha o foco no Senhor, pois o diabo cria situações para você pensar que tudo está perdido. Lembre sempre: A sua comunhão com Deus vai lhe dar a vitória!