Deus tem pressa de salvar a humanidade


Deus tem pressa de salvar a humanidade

Bispo Aécio Alves



A Palavra de Deus nos mostra o Seu cuidado com aqueles que Lhe pertencem, e nós temos visto, e cada dia mais, que Ele fala ao Seu povo em todos os lugares, por mais improváveis que sejam. Onde estiver um necessitado, Ele está presente. Isso nos revela que Ele tem pressa de salvar a humanidade. Está escrito:
“Grita na rua a Sabedoria, nas praças, levanta a voz; do alto dos muros clama, à entrada das portas e nas cidades profere as suas palavras:” Provérbios 1.20,21

Por que “Sabedoria” está com letra maiúscula? Porque representa o próprio Deus: Ele levanta a Sua voz nas ruas, nas praças e em todos os lugares, para que a Sua Palavra seja ouvida e penetre no coração do Seu povo, gerando vida, transformação e salvação.

É bom deixar claro que o povo de Deus não é só quem está dentro das igrejas. Você certamente vai perguntar: Mas e quem está mergulhado em práticas que não O agradam? Ora, uma pessoa que pratica o que agrada ao diabo não pertence a ele, não! Pertence a Deus! Satanás não é dono de nada nem de ninguém! O Senhor quer, sim, que o Evangelho chegue a essa pessoa, que está praticando o que desagrada a Ele, para que ela também receba a salvação!

Você sabia que ainda hoje, em alguns lugares do mundo, quem aceita Jesus como seu Senhor e Salvador é fuzilado em praça pública? Na África e na Ásia existem países assim! Em outros lugares os cristãos são rejeitados pela sociedade, embora não recebam a pena de morte. Enquanto isso, no Ocidente nós temos liberdade para pregar o Evangelho, e muitos não dão valor! Mas o nosso Deus tem pressa de também salvar essas pessoas que não dão valor a Ele e à Sua Palavra! 

Aqui no Rio de Janeiro vemos a criminalidade aumentando. Cada vez mais os que vivem fora da lei, principalmente dentro das comunidades desassistidas pelo poder público, estão mais ousados e os confrontos com a polícia e com as Forças Armadas estão sendo constantes. Os criminosos, nesses confrontos, não se importam se vão atingir pessoas inocentes nos tiroteios. Entretanto, dentro dessas comunidades existem igrejas pregando o Evangelho, para que eles possam ouvir e ser salvos. Porque o nosso Deus tem pressa!

No mesmo texto bíblico, na continuação do capítulo, vemos que o Senhor chama a atenção daqueles que não Lhe dão ouvidos. Acompanhe a leitura:
“Até quando, ó néscios, amareis a necedade? E vós, escarnecedores, desejareis o escárnio? E vós, loucos, aborrecereis o conhecimento? Atentai para a minha repreensão; eis que derramarei copiosamente para vós outros o meu espírito e vos farei saber as minhas palavras.” Provérbios 1.22,23

Quem são os néscios? Vejamos alguns exemplos: Existem pessoas que continuam se embebedando mesmo quando os médicos avisam que se não pararem o fígado delas vai se deteriorar. Como de diz na roça, elas sabem que “a vaca está indo para o brejo” e não mudam de atitude. Outras pessoas sabem que se dirigirem automóveis sob o efeito de bebidas alcoólicas podem provocar acidentes, matar a família e a família de outras pessoas, mas continuam bebendo e dirigindo.

Tem gente que conversa sobre as mais recentes novidades da informática, sobre jogos de videogame, futebol e política, por exemplo, isto sem mencionar filmes e novelas, mas se você for conversar sobre a Bíblia é uma ignorância total. Não sabe o nome de nem ao menos um dos chamados heróis da fé. 

E ainda existem os rebeldes. Se você chamar a atenção de uma pessoa rebelde, por estar fazendo alguma coisa errada, ela sempre terá uma argumentação. Nunca reconhecerá seu erro. Em praticamente todas as empresas existem funcionários que quando foram pedir emprego só faltou ficarem de joelhos, mas depois que a carteira é assinada, se forem repreendidos já vão logo para o RH ameaçar de processar o patrão por assédio moral. 

Todos esses exemplos são de pessoas que se enquadram como “néscias”. Mas ainda assim o Senhor promete transformação e salvação. Veja novamente o versículo: “...eis que derramarei copiosamente para vós outros o meu espírito e vos farei saber as minhas palavras.” Provérbios 1.23