Bíblia Online‎ > ‎Velho Testamento‎ > ‎Salmos‎ > ‎

Salmos - Capítulo 57


Salmos - Capítulo 57 - Versículo 1 a 11


1Compadece-te de mim, ó Deus, compadece-te de mim, pois em ti se refugia a minha alma; à sombra das tuas asas me refugiarei, até que passem as calamidades.
2Clamarei ao Deus altíssimo, ao Deus que por mim tudo executa.
3Ele do céu enviará seu auxílio , e me salvará, quando me ultrajar aquele que quer calçar-me aos pés. Deus enviará a sua misericórdia e a sua verdade.
4Estou deitado no meio de leões; tenho que deitar-me no meio daqueles que respiram chamas, filhos dos homens, cujos dentes são lanças e flechas, e cuja língua é espada afiada.
5Sê exaltado, ó Deus, acima dos céus; seja a tua glória sobre toda a terra.
6Armaram um laço para os meus passos, a minha alma ficou abatida; cavaram uma cova diante de mim, mas foram eles que nela caíram.
7Resoluto está o meu coração, ó Deus, resoluto está o meu coração; cantarei, sim, cantarei louvores.
8Desperta, minha alma; despertai, alaúde e harpa; eu mesmo despertarei a aurora.
9Louvar-te-ei, Senhor, entre os povos; cantar-te-ei louvores entre as nações.
10Pois a tua benignidade é grande até os céus, e a tua verdade até as nuvens.
11Sê exaltado, ó Deus, acima dos céus; e seja a tua glória sobre a terra.


Capítulos de Salmos:   sinopse  
 
  1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  
 
16  17  18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  
 
29  30  31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  
 
42  43  44  45  46  47  48  49  50  51  52  53  54  
 
55  56  57  58  59  60  61  62  63  64  65  66  67  
 
68  69  70  71  72  73  74  75  76  77  78  79  80  
 
81  82  83  84  85  86  87  88  89  90  91  92  93  
 
94  95  96  97  98  99  100  101 102 103 104 105 
 
106  107  108  109  110  111  112  113  114  115  
 
116  117  118  119  120  121  122  123  124  125  
 
126  127  128  129  130  131  132  133  134  135  
 
136  137  138  139  140  141  142  143  144  145  
 
146  147  148  149  150