Bíblia Online‎ > ‎Velho Testamento‎ > ‎Salmos‎ > ‎

Salmos - Capítulo 36


Salmos - Capítulo 36 - Versículo 1 a 12


1A transgressão fala ao ímpio no íntimo do seu coração; não há temor de Deus perante os seus olhos.
2Porque em seus próprios olhos se lisonjeia, cuidando que a sua iniqüidade não será descoberta e detestada.
3As palavras da sua boca são malícia e engano; deixou de ser prudente e de fazer o bem.
4Maquina o mal na sua cama; põe-se em caminho que não é bom; não odeia o mal.
5A tua benignidade, Senhor, chega até os céus, e a tua fidelidade até as nuvens.
6A tua justiça é como os montes de Deus, os teus juízos são como o abismo profundo. Tu, Senhor, preservas os homens e os animais.
7Quão preciosa é, ó Deus, a tua benignidade! Os filhos dos homens se refugiam à sombra das tuas asas.
8Eles se fartarão da gordura da tua casa, e os farás beber da corrente das tuas delícias;
9pois em ti está o manancial da vida; na tua luz vemos a luz.
10Continua a tua benignidade aos que te conhecem, e a tua justiça aos retos de coração.
11Não venha sobre mim o pé da soberba, e não me mova a mão dos ímpios.
12Ali caídos estão os que praticavam a iniqüidade; estão derrubados, e não se podem levantar.



Capítulos de Salmos:   sinopse  
 
  1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  
 
16  17  18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  
 
29  30  31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  
 
42  43  44  45  46  47  48  49  50  51  52  53  54  
 
55  56  57  58  59  60  61  62  63  64  65  66  67  
 
68  69  70  71  72  73  74  75  76  77  78  79  80  
 
81  82  83  84  85  86  87  88  89  90  91  92  93  
 
94  95  96  97  98  99  100  101 102 103 104 105 
 
106  107  108  109  110  111  112  113  114  115  
 
116  117  118  119  120  121  122  123  124  125  
 
126  127  128  129  130  131  132  133  134  135  
 
136  137  138  139  140  141  142  143  144  145  
 
146  147  148  149  150